Tempo de Advento: Época é dedicada à reflexão e espera da vinda de Cristo à Terra

No próximo dia 9, celebramos o segundo domingo do Advento, período que precede o Natal do Senhor. Esse tempo é especial convida-nos à reflexão, à busca de uma maior intimidade com Deus, à redescoberta do silêncio, ao aprofundamento na esperança e contemplação do Espírito Santo. Durante o período, a Liturgia ensina sobre o ato de escutar, de vigiar, de se manter sóbrio, de contemplar a presença de Cristo em nossas vidas, no cotidiano e a manter o coração aberto.  

A Igreja Católica se prepara e “traduz” a vivência do período, através de pequenas modificações – porém com grandes significados – durante suas celebrações. O uso da cor roxa e rosa nas vestes (dependendo do domingo), a ornamentação moderada nos altares das igrejas, o uso de 4 velas nas celebrações em formato circular, nas cores roxa, vermelha, branca e verde. E, além disso, a contemplação e entendimento das figuras bíblicas do Advento (Isaías, João Batista, Maria e José) e de cada figura que compõe o presépio. 

Coroa do Advento – Capela Maria Auxiliadora

 

O Advento é, de acordo com o Papa Francisco, um tempo para purificar a memória daquele tempo passado. “O Advento serve para purificar a esperança, e se preparar para o encontro definitivo com o Senhor. Porque aquele Senhor que veio lá, voltará, voltará! E voltará para nos perguntar: ‘Como foi a sua vida?’. Será um encontro pessoal”, observou. Para o Pontífice, o tempo é propício “para purificar o espírito, para fazer crescer a fé com esta purificação”. 

Presépio – Capela Maria Auxiliadora